quinta-feira, 31 de março de 2011


'Acordo de manhã com uns raios dourados a entrar pelo quarto, é o sol que traz, consigo, o dia. Abro a janela, e desde logo sinto a primavera a entrar pela minha casa a dentro. É das melhores sensações que alguém pode experimentar. Fecho os olhos e rapidamente me sinto uma ave que voa livremente pelo mundo fora, sem nada que me prenda a nada nem a ninguém. Sinto que toda a minha vida consiste em visitar novos locais, em conhecer novas maravilhas, as quais so a bela natureza nos pode presentear. Vejo de repente uma pradaria em que o verde é a cor predominante, saltando rapidamente à vista de qualquer um. Baixo um pouco o voo para conseguir visualizar melhor toda aquela beleza inesquecivel e jamais inigualavel. Tudo isto acentua ainda mais o meu sentimento de liberdade, até que me aparece um cravo vermelho no meio de toda aquela verdura, cravo esse que me relembrava das minhas origens, de tudo o que foi vivido e sofrido pelos meus amigos portugueses, mas que finalmente terminou, assim como terminou a minha viagem, já mais à frente, sobre um belo oceano, completemente azul. Consigo sentir a paz inerente a este azul tão profundo, tão vasto. E é assim, serena e com um sentimento de liberdade constante que finalmente abro os olhos e me apercebo de que ainda permaneço no mesmo sítio. Constacto então que tudo isto não foi nada mais do que fruto da minha imaginação. E assim, preparo-me para encarar um novo dia que ainda agoro começou.' (feito pela melhor amiga linda @)

quinta-feira, 24 de março de 2011

Ás vezes tenho que cair da montanha para perceber o que estou a escalar. Obstáculos são colocados no nosso caminho para ver se o que queremos realmente vale a pena lutar. De cada ferida há uma cicatriz, e cada cicatriz conta uma história. Uma história que diz:
Eu estava profundamente ferida, mas eu sobrevivi.

terça-feira, 22 de março de 2011


Darling, sabes?  Amo as tuas expressões faciais. Amo a maneira de dizeres o meu nome. Amo a maneira que me dizes as coisas. Amo o teu sorriso. Amo o teu riso. Amo termos o mesmo sentido de humor. Amo as nossas conversas. Amo a maneira como tu te importas. Amo como cheiras e como permaneces nas minhas roupas. Amo os teus abraços. Amo como os teus olhos se iluminam quando te ris. Amo como tu és tono às vezes. Amo como tu me fazes explodir o primeiro riso. Amo como confias em mim. Amo como nós somos melhores amigos. Amo a maneira como posso confiar em ti. Por isso tens o meu coração. Eu te amo.

sábado, 19 de março de 2011


I miss you so much. Dói pensar em ti, pensar de rir ao teu lado. Pensar em todas as memórias que partilhamos. Eu deixei-te. Como consegui? Era para estar lá para ti, era suposto proteger-te. Em vez disso, eu deixei-te, meio mundo de distância, para te defenderes sozinho. Como é que eu lhe vou ensinar os caminhos do mundo? Não posso. Porque era estúpida e egoísta, e arrependo-me disso. Eu não posso trazer-te de volta. Eu só te quero nos meus braços. Tudo o que já chorei foi por ti. Eu desejo que podia simplesmente chegar e tocar-te. Tocar-te no cabelo, segurar-te na mão. Eu gostava de poder voltar ao tempo em que éramos jovens. Sem complicações, sem dificuldades, nada no nosso caminho para apenas sorrir.

sexta-feira, 18 de março de 2011



Uma sociedade não pode viver com indivíduos como tu que não correspondem a códigos morais estabelecidos pelo poder legislativo. Assim de acordo com as normas de uma sociedade por não respeitares  estes códigos seras punida pois o poder legislativo tem como função zelar pelo cumprimento das leis produzidas pelo poder legislativo, ou seja, castigar infractores gordos como tu!  (feito pelo mesmo tono xD)


Bem, como o ser humano tem consciência própria para pensar e obdecer principalmente a prazeres superiores que estão ligados ao espírito, ou seja, relativos à inteligência e imaginação, difere assim dos animais que apenas reagem por instintos, tendo uma vida como um ciclo. (feito por um tono que estava a estudar Filosofia xD)

quinta-feira, 17 de março de 2011

segunda-feira, 14 de março de 2011



Nunca desistas, sê forte.
Se não conseguires estarei cá para te ajudar.


   Sabes que podes contar comigo para o que for preciso. Sabes que estás apenas umas horas de distância de mim, mas apenas uns meros segundos de uma mensagem. Conheci-te em tão pouco tempo, mas tornaste-te muito, muito especial. És algo muito único, és linda minha MANUELA FEIA <3 (não tenho muito jeito para isto xD)

domingo, 6 de março de 2011